Logo do Governo do Estado do Rio de Janeiro
Notícia

Lei Seca reforça ações de fiscalização no interior do Estado

Paulo Vítor

Por Júlio Paluma 

Com bons resultados alcançados e comemorando nove anos de atuação em março, a Operação Lei Seca intensificará as ações no interior do estado em 2018. O objetivo é a redução do índice de motoristas dirigindo alcoolizados. Segundo estudo da operação, especificamente sobre a região, o percentual de condutores abordados nos municípios do interior do estado em 2017 que estavam embriagados foi de 9,7%, mais que o dobro do indicador da capital, que é de 4,2%.

– Olhando os números dos nove anos de atuação da Operação Lei Seca, verificamos que houve uma redução significativa na capital e na Região Metropolitana, no índice de motoristas que são flagrados dirigindo sobre os efeitos do álcool. O interior ainda não vive essa realidade. Por isso, nosso grande objetivo é intensificar as ações de educação e fiscalização, para que a população do interior também mude seu comportamento – disse o tenente-coronel Marco Andrade, coordenador-geral da Operação Lei Seca.

A ação, iniciada em janeiro, já conta com 44 operações no interior fluminense. Até o momento, 4.970 veículos já foram abordados e 535 motoristas acusaram embriaguez no teste realizado. A operação já soma 1.607 multas, 227 automóveis rebocados e 444 carteiras de habilitação recolhidas. Nesta primeira fase, a fiscalização concentrou seus esforços nas regiões litorâneas. Paraty, Angra, Mangaratiba e Região dos Lagos foram os principais alvos. Os próximos municípios alcançados serão os do Médio Paraíba e da Região Serrana.

– Nós começamos no período de verão com ações principalmente na Região dos Lagos e no Norte Fluminense. Nesse primeiro momento buscamos cobrir, em função das férias escolares, os locais com maior demanda, que são as regiões litorâneas – explicou o coordenador da operação.

Segundo o estudo, as ações da operação no interior fluminense em 2017 abordaram 23.503 veículos e autuaram 2.280 motoristas por embriaguez. No total, 2.060 carteiras de habilitações foram recolhidas, 6.830 multas foram aplicadas e 1.188 automóveis foram rebocados.
 

Compartilhe Facebook Twitter
Siga a lei seca
nas redes sociais
Facebook Twitter YouTube Instagram